Biografia

Mark Sinclair Vincent lutou muito e lidou com diversos fracassos até alcançar a fama em Hollywood. Até mesmo seu início na dramaturgia foi inusitado. Afinal, o então jovem foi pego vandalizando um teatro, e como forma de abrandar a punição, o garoto poderia ir ao local aprimorar seu talento na atuação. Foi trabalhando como segurança em algumas boates de Nova York que ele assumiu o nome de Vin Diesel.

O hoje astro precisou insistir muito para ser reconhecido. Chegou a produzir um curta-metragem e um longa-metragem após a falta de oportunidades na carreira. Seu curta chamou a atenção de Steven Spielberg que o convidou para integrar o elenco de “O Resgate do Soldado Ryan” (1998), longa multipremiado no Oscar de 1999 e que é lembrado pela atuação primorosa de Tom Hanks. Logo depois emendou uma boa participação em “O Gigante de Ferro” (1999). Embora seja lembrado pelos filmes de ação, o ator também já atuou bem longe do gênero. Foi o caso da ficção-científica “Eclipse Mortal” (2000).

Só que inegavelmente podemos separar sua carreira em antes e depois de “Dominic Toretto” de “Velozes & Furiosos” (2001). A saga de filmes de velocidade é uma das mais importantes e lucrativas do cinema. Importante destacar que Vin Diesel assumiu ainda mais o protagonismo após a precoce morte de Paul Walker, em 2013.

Também com Vin Diesel: 

Operação Babá (2005)

Velozes & Furiosos 5 – Operação Rio (2011)

A Longa Caminha de Billy Lynn (2016)

Veja outras notícias relacionadas a Vin Diesel:

“Velozes e Furiosos – Desafio em Tóquio” popularizou o drift