Biografia

Matthew Broderick foi incentivado por seu pai a entrar de cabeça na profissão de ator. E de fato foi o que aconteceu após o jovem sofrer uma lesão no joelho que pôs fim a sua carreira no futebol americano. Posteriormente estreou nos cinemas fazendo uma participação no longa “A Volta de Max Dugan” (1983).

Depois veio o thriller “Jogos de Guerra”, ainda no mesmo ano. Depois de mais algumas produções, o ator foi confirmado no elenco de “Curtindo a Vida Adoidado” (1986). O longa clássico de John Hughes lhe rendeu um sucesso estrondoso, além de uma indicação ao Globo de Ouro na categoria Melhor Ator em Filme de Comédia ou Musical. A fama veio, assim como outros bons trabalhos. Podemos citar entre eles: “O Pentelho” (1996), “A Lente do Amor” (1997), “Godzilla” (1998), “Inspetor Bugiganga” (1999).

Inegavelmente um talento nato da comédia, o norte-americano voltaria a se destacar no gênero em “Os Produtores” (2005). Broderick ainda teria a oportunidade de atuar junto e ser dirigido por Helen Hunt em “Quando me Apaixono” (2006).  Logo após esta experiência, surgiu uma nova oportunidade na carreira de Broderick: dublar “Adam Flayman” em “Bee Movie – A História de Uma Abelha” (2007).

Recentemente, Matthew Broderick esteve no elenco da 1ª temporada de “Daybreak”, da Netflix, e também em “Manchester à Beira-Mar” (2016), longa vencedor de duas estatuetas do Oscar.

Também com Matthew Broderick:

Encontro Selvagem (2015)

O Parque dos Sonhos (2019)

Confira outras notícias relacionadas a Matthew Broderick:

Jim Carrey está falido em “As Loucuras de Dick e Jane”