Biografia

Lázaro Ramos é baiano e seu talento foi descoberto por lá mesmo. Mais precisamente no Bando de Teatro Olodum ainda nos anos 1980. Estrelou inúmeras peças de teatro durante esta década e a seguinte. Nos cinemas, debutou em “Cinderela Baiana” (1998), mas ganhou destaque mesmo com o impactante longa “Carandiru” (2003). Posteriormente atuou em mais produções nacionais de destaque: “O Homem que Copiava” (2003), “Meu Tio Matou um Cara” (2004), “Ó Paí, Ó” (2007). Nesse meio tempo gravou uma grande quantidade de novelas da Rede Globo. Lázaro Ramos também é diretor e dos mais ecléticos. Seus trabalhos na função vão desde documentários até vídeo-clipes. Ele também tem uma série de livros escritos.

 

Fonte: IMDB