Biografia

Quem nota Emma Stone como “Jules” no filme adolescente “Superbad: É Hoje”(2007) talvez não conseguisse imaginar que aquela jovem garota ganharia o Oscar de “Melhor Atriz” apenas nove anos depois. Não porque a atuação dela seja ruim, mas pelo contraste daquele longa e os complexos papéis que ela aceitaria mais para a frente. Afinal aquela era sua estreia nas telonas. No ano seguinte, Emma Stone já dava vida a combativa “Olive” no instigante filme “A Mentira” (2010). Logo ela era a protagonista de Woody Allen em “Homem Irracional” (2015). Mas foi no musical “La La Land” (2016) que Emma foi premiada com a estatueta mais desejada da sétima arte.