Listamos cinco motivos para assistir essa comédia

“The Office” se tornou uma das séries mais revolucionárias e bem-sucedidas da história da TV. Sim, não é nenhum exagero colocar a trama no mesmo patamar de clássicos como “Friends”, “Seinfeld” e “Two and a Half Men”, embora seja muito diferente em seus conceitos. Veja cinco motivos para curtir as nove temporadas desta aclamada série! Clique aqui para assistir!

Steve Carell

O ator é simplesmente o chefe da empresa e não é como outro qualquer. “Michael Scott” é repleto de manias, preconceitos e com um talento especial em causar constrangimento em seus funcionários. E podemos ir além, mal- preparado para as situações de liderança, ele acredita ser o exemplo de funcionário e chefe. Rei das piadas sem graça. O papel certamente não poderia estar em melhores mãos.

Cena de "The Office" com Steve Carell

Steve Carell em cena de “The Office”

Dunder Mifflin

A empresa de porte médio que produz papel é a definição exata da palavra “chatice”. Pelo menos em um primeiro momento. Com o passar das temporadas, nos sentimos dentro do escritório, afinal a maior parte dos episódios se passa dentro do mesmo.

Relações

Do escritório surgiram amizades, momentos emocionantes entre os personagens (embora sutis muitas vezes), brigas, fofocas, amores e por aí vai. “Jim” (John Krasinski) e “Pam” (Jenna Fisher) desde os primeiros episódios demostram certo interesse um no outro e que vai aumentando conforme o tempo passa. O metódico “Dwight” (Rainn Wilson) e a estressada “Angela” (Angela Kinsey) também acabam se “enroscando” ao longa da trama. Os personagens eventualmente mudam ao longo das temporadas, assim como suas opiniões a respeito dos colegas, e é interessante acompanhar este processo.

Cenas marcantes

Diálogos sensacionais e atuações igualmente boas. Já seriam motivos o suficiente para a série gerar cenas memoráveis. Mas não para por aí. Como todo bom escritório, este aqui também tem seus momentos de pegadinhas entre os funcionários. E muitas são realmente imperdíveis.

Formato Mockmentary

“The Office” eternizou um estilo único que muitos classificam como “Mockmentary”. Uma espécie de formato que explora entrevistas, imagens reais de conversas e muito conteúdo de bastidor. Outro marco da série é a ausência das clássicas risadas de fundo. E nem precisa. O movimento das câmeras, com zooms invasivos nos personagens em momentos especiais, dá e muito conta do recado.

Confira outras notícias relacionadas:

Relembre os mais engraçados filmes com Steve Carell

 

Compartilhe: