Título foi aguardado durante anos pelos fãs do herói

“Pantera Negra” é o décimo oitavo filme do Universo Cinematográfico da Marvel e também é mais um título para ver e rever quantas vezes quiser com o NOW. O longa tem direção de Ryan Coogler e Chadwick Boseman como o protagonista. Por fim, mas não menos importante, vemos Michael B. Jordan em um sinistro papel de vilão. Clique aqui para assistir!

Quando um meteorito contendo “vibranium” cai na Terra, logo seus poderes permitem o surgimento do primeiro “Pantera Negra”. Ele posteriormente une parte das tribos africanas que antes viviam afastadas para criar o “Reino de Wakanda”. Anos mais tarde, o rei vigente “T’Chaka” (John Kani) visita seu irmão “N’Jobu” (Sterling K. Brown) na Califórnia. Este segundo, por sua vez, sofria com desconfianças por parte do rei. A suspeita era de tráfico justamente de “vibranium”.

"Pantera Negra"

Michael B. Jordan (Killmonger) e Chadwick Boseman (T’Challa) 

A verdade é que no passado “N’Jobu” planejava espalhar a tecnologia de ponta de “Wakanda” para milhares de povos africanos reprimidos ao redor do planeta. A teoria é confirmada por quem esteve presente durante o conflito que ocasionou a derrocada de “N’Jobu”: “Ulysses Klaue” (Andy Serkis). Mas o morto deixou um filho chamado “Erick Stevens” (Michael B. Jordan).

Visto que essa tragédia assolou sua família, ele torna-se um soldado de alto gabarito do governo do Estados Unidos e mais conhecido como “Killmonger”. Perante os “líderes tribais”, este desafia o atual rei e filho de “T’Chaka” pelo trono. “T’Challa” aceita o confronto para evitar que equipamentos de “Wakanda” se espalhem de forma inconsequente pelo mundo todo.

Se liga no trailer dublado de “Pantera Negra”:

O projeto de “Pantera Negra” foi anunciado em 2005 mas demorou um tempão para sair do papel. De tal forma que até mesmo alguns atores cobiçaram o papel de protagonista ao longo dos anos. Wesley Snipes foi um deles. O resultado de quando saiu não poderia ser melhor com três prêmios na festa do Oscar de 2019: Melhor Figurino, Melhor Trilha Sonora e Melhor Direção de Arte.

 

Compartilhe: