Confrontos de quartas de final serão definidos neste meio de semana

O Palmeiras segue vivo na briga pelo bicampeonato da Libertadores. Nesta terça-feira (30), o Verdão goleou o Godoy Cruz-ARG e avançou às quartas de final da competição. Agora a equipe espera o vencedor de Grêmio e Olimpia-PAR na fase seguinte.

O duelo foi complicado para os brasileiros, apesar do placar elástico. Prova disso foi o primeiro tempo, nada de gols. O Palmeiras pouco criou, mas também não foi ameaçado. Já na etapa final, as redes finalmente balançaram no Allianz Parque.

Só que o destaque do primeiro gol foi a arbitragem, e o VAR. O árbitro Esteban Ostojich marcou penalidade máxima em um lance muito polêmico entre Borja e Varela, onde a bola teria tocado no braço do jogador argentino. Raphael Veiga não desperdiçou a chance e fez.

Aí, as coisas ficaram mais fáceis para o Palmeiras diante de um rival que jogava fechado. Borja, Gustavo Scarpa e Dudu ainda encontraram o caminho do gol nos minutos finais. No final, alívio para os palmeirenses que vinham em um momento turbulento no pós-Copa América.

Confira o gol de Borja. O colombiano se tornou o 2 º maior artilheiro do Palmeiras em Libertadores com 11 gols:

Se o Alviverde terminou a noite (30) feliz, o Cruzeiro teve um desfecho bem diferente na sua vez de ir ao campo nas oitavas de final. Mano Menezes e seus comandados enfrentaram o River Plate-ARG. Na ida, o marcador não saiu do zero a zero.

Na volta, o cenário pouco se alterou. Foi possível acompanhar dois times muito fechados e preocupados em não serem vazados. As melhores chances de gol aconteceram no primeiro tempo do jogo realizado no Mineirão. Na etapa complementar, o conservadorismo venceu o arrojo.

Assim sendo, a definição da vaga foi para os pênaltis. E quem levou a melhor foi o River Plate-ARG. De La Cruz, Montiel, Lucas Martínez e Borré garantiram 100% de aproveitamento a Los Millionarios. David e Henrique erraram no lado cruzeirense.

Mesmo com a eliminação, a torcida do Cruzeiro apoiou durante os 90 minutos e mais os pênaltis:

O River Plate-ARG espera o vencedor do embate entre Cerro Porteño-PAR e San Lorenzo-ARG, que acontece nesta quarta-feira (31).

E tinha mais bola rolando nesta terça (30). Após 11 anos, a LDU-EQU volta às quartas de final da Libertadores. Os equatorianos passaram pelo Olimpia-PAR, após empate em 1 a 1, no jogo da volta. Isso só foi possível graças a vitória de Los Universitarios por 3 a 1, na partida da semana passada, em Quito.

Agora a LDU-EQU enfrenta ou Boca Juniors-ARG ou Athletico-PR por uma chance nas semifinais.

 

 

Compartilhe: