Resultado de imagem para marta bola de ouro 2018

Prêmio Fifa – The Best 2018 aconteceu em Londres

A tarde da última segunda-feira (24) foi de alegria para a brasileira Marta, que foi eleita a melhor jogadora do mundo pela sexta vez. Essa foi a 14ª indicação que a atacante recebeu ao prêmio e nesta edição ela desbancou a norueguesa Ada Hegerberg e a alemã Dzsenifer Maroszan, ambas jogadoras do Olympique Lyonnais, da França.

Desde abril de 2017, Marta veste a camisa do Orlando Pride, dos Estados Unidos. Com o prêmio na noite de ontem, a jogadora chegou a seis conquistas pessoais (2006, 2007, 2008, 2009, 2010 e 2018).

A última façanha de melhor do mundo pela alagoana tinha acontecido em 2010, quando a atleta tinha 24 anos. Agora aos 32, Marta não escondeu a alegria de voltar a segurar a Bola de Ouro mais uma vez e logo depois da conquista do prêmio, a alagoana se manifestou na sua conta oficial do Instagram.

– Que noite fantástico. Quero deixar aqui o meu agradecimento a todos que contribuíram para que essa noite fosse maravilhosa e inesquecível #deus #família #amigos @orlpride #selecaofutebol #companheirasdetrabalho #tecnicos #jornalistas.

Clique aqui para ver o discurso emocionado da jogadora

 

O evento Prêmio Fifa – The Best 2018 aconteceu em Londres e reuniu os maiores talentos do mundo da bola, embora a ausência dos astros Cristiano Ronaldo (Juventus) e Lionel Messi (Barcelona) tenha virado assunto na mídia e redes sociais.

O português foi indicado ao prêmio de melhor do mundo, mas preferiu ficar na Itália para se preparar para o próximo jogo do seu time contra o Bologna. Já  Messi, campeão da disputa por cinco vezes, não foi indicado neste ano e segundo informações do jornal Mundo Deportivo, não compareceu ao evento por conta de problemas pessoais.

Veja a lista dos vencedores:

 

Melhor do mundo:

 

Na disputa masculina, Luka Modric (Real Madrid) levou para casa o prêmio de melhor jogador. O croata foi vice-campeão da Copa do Mundo da Rússia e já havia conquistado o prêmio de melhor jogador do Mundial de Clubes.

Vale destacar que Modric foi o primeiro a desbancar Messi e Cristiano Ronaldo, que juntos ganharam as últimas dez edições. O meia disputou o prêmio com Cristiano Ronaldo (Juventus) e Mohamed Salah (Liverpool) e ganhou 29,05% dos votos, enquanto Cristiano teve 19,08% e Salah, 11,23%.

Clique aqui para ver o anúncio

 

Gol mais bonito:

 

O egípcio Salah pode não ter conseguido levar a Bola de Ouro para casa, mas também não foi embora de mãos vazias. Ele conquistou o Prêmio Puskas, dado ao gol mais bonito, pela balançada de redes na partida do Liverpool contra o Everton, pelo campeonato inglês.

Clique aqui para ver o gol

 

Melhor goleiro:

 

O belga Thibaut Courtois (Real Madrid) levou o prêmio de melhor goleiro. Além de defender muito bem as traves da equipe espanhola, o atleta de 26 anos se destacou durante a Copa do Mundo, com defesas importantes para a seleção da Bélgica, inclusive no jogo contra o Brasil.

Veja aqui a reação do goleiro

 

Melhor técnico masculino:

 

O treinador da seleção campeã da Copa do Mundo da Rússia do mundo também conquistou o título de melhor técnico da temporada. O francês Didier Deschamps desbancou Zinedine Zidane (ex-Real Madrid) e Zlatko Dalic (Seleção Croata).

Veja aqui o anúncio

 

Melhor técnico feminino:

 

Reynald Pedros conquistou o prêmio de melhor técnico no futebol feminino. O francês concorria com Asako Takakura (Seleção Japonesa) e Sarina Wiegman (Seleção Holandesa).

Para ver o anúncio, clique aqui 

 

Seleção Fifa:

 

Em todas as edições do evento, uma seleção composta por 11 jogadores que se destacaram durante a temporada é formada. Essa votação é feita exclusivamente pelos atletas e ficou assim:

  • De Gea (Manchester United)
  • Dani Alves (PSG)
  • Varane (Real Madrid)
  • Sergio Ramos (Real Madrid)
  • Marcelo (Real Madrid)
  • Kanté (Chelsea)
  • Modric (Real Madrid)
  • Hazard (Chelsea)
  • Messi (Barcelona)
  • Cristiano Ronaldo (Juventus)
  •  Mbappé (PSG)
Quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo dos esportes? Assine já!