George Clooney assumiu o papel principal

Foi com muita tristeza que os amantes do cinema em todo o mundo receberam nesta semana a notícia da morte do diretor Joel Schumacher. Ele foi responsável por comandar inúmeros filmes de qualidade, entre eles “Os Garotos Perdidos” (1987) e “Um Dia de Fúria” (1993). Entretanto, foi bastante contestado quando assumiu a missão de seguir com a saga de “Batman”, e em especial por “Batman & Robin” (1997). Clique aqui para assistir!

O elenco desta segunda experiência do diretor com o personagem era repleto de figurões do cinema dos anos 90: Uma Thurman, George Clooney, Arnold Schwarzenegger, Chris O’Donnell e Alicia Silverstone. Mas certamente o possível sucesso deste longa ficou abalado pela nova troca de protagonista uma vez que Val Kilmer cedia lugar a Clooney. Anteriormente, Kilmer havia ocupado o lugar de Michael Keaton.

Foto do filme "Batman & Robin" (1997)

Chris O’Donnell e George Clooney em “Batman & Robin” (1997)

Os vilões seriam Schwarzenegger como “Sr. Frio”, Uma Thurman como “Era Venenosa” e Jeep Swenson como “Bane”. O primeiro buscava dinheiro para conseguir uma cura para a doença de sua mulher em coma já há muitos anos. Em seguida, ele ganha a companhia e a ajuda da antes pesquisadora e agora vilã “Pamela Isley”.

No entanto, o time do outro lado ainda não está completo e ganha uma nova ajuda com a chegada de “Barbara Wilson”, sobrinha de “Alfred Pennyworth” (Michael Gough). Ela é uma garota esperta que vai para “Gotham City” visitar o seu tio e logo percebe que existem muitos segredos envolvendo a família “Wayne”.

Veja o trailer de “Batman & Robin”:

Quando a situação da esposa do “Sr. Frio” se complica, ele inicia um plano detalhado para congelar completamente a cidade. Fato que somente será evitado com a união de esforços de todos os heróis que também têm uma forte revelação a fazer ao vilão.

Este é o enredo do tão debatido filme do “Homem-Morcego” sob comando de Joel Schumacher, que com o passar dos anos passou de criticado para se tornar um clássico. Mas o fato é que deixou a franquia do “Homem-Morcego” adormecida por alguns anos.

 

Compartilhe: