Série da HBO terá a 2ª temporada produzida

“The Young Pope” é uma das séries mais comentadas da HBO nestes últimos tempos. Primeiramente pelo enredo abusado e também pela grande atuação de Jude Law no papel de líder supremo da Igreja Católica. Essa surpreendente história é capaz de entreter facilmente quem se dispõe a assistir os 10 capítulos desta minissérie que já virou série. A segunda temporada está mais do que confirmada. Clique aqui para assistir!

“Lenny Belardo” (Jude Law) se torna o “Papa Pio XIII”. O primeiro norte-americano alçado a esta posição importante. Entendemos que ele assume esta responsabilidade, apesar de ter apenas 47 anos, por ser considerado facilmente manipulável. Também por ter o aval do cardeal italiano “Voiello” (Silvio Orlando). Inclusive, o experiente homem também é o primeiro a estranhar as reais intenções de seu escolhido.

Mas logo “Belardo” se mostra uma grande contradição. Capaz de duvidar até mesmo da existência de Deus e ter ideias liberais mesmo agindo da forma mais autoritária possível. Assustando, inclusive, experientes nomes do Vaticano com seu extremismo. Afinal essas atitudes vão bem além de fumar e beber regularmente. Ou de requisitar Cherry Coke Zero como café da manhã de todos os dias.

Veja o trailer de “The Young Pope”: 

Resultado de traumas passados. E logo ele ganha a companhia de uma pessoa com ligação direta com seu histórico de sofrimento, a freira norte-americana que cuidou dele ainda na infância: “irmã Mary” (Diane Keaton). Ela torna-se sua conselheira pessoal. Está presente em reuniões e o representa em determinados momentos.

Entre suas diversas decisões inicias, está a que determina que o Papa deve resguardar a sua imagem o máximo possível. Chegando ao ponto de abdicar das tradicionais aparições na Praça de São Pedro. Ou de fotos e entrevistas. Desse modo, ele pensa em valorizar a imagem do pontífice com o marketing do mistério. Em sua visão radical, é chegado o momento dos fiéis irem até o Papa. E não o contrário.

Derrubando rapidamente protocolos e rituais antigos do Vaticano, “Belardo” abala o sistema religioso e desvenda sua hipocrisia em inúmeros sentidos. Ainda mais quando esse seu estilo incontrolável despertar a animosidade das figuras influentes dali de dentro. O que vai abrir a porta para as baixarias e conspirações dentro do sistema.

“The Young Pope” é dirigida pelo italiano Paolo Sorrentino, vencedor do Oscar de “Melhor Filme Estrangeiro” de 2014. A série chama a atenção por colocar o dedo na ferida de diversos temas polêmicos para a Igreja Católica.

Também em imaginar um Papa imperfeito. Não apenas com falhas. Mas um pontífice capaz de flertar com decisões negativas, egocêntricas e afrontosas. Reflexão difícil de ser exercida e rara em produções sobre o tema.

Veja outras notícias relacionadas:

Sucesso da HBO, “Euphoria” já está no NOW!

Compartilhe: