Francesas fizeram valer o fator campo e avançam às quartas de final

Fim da linha para a seleção brasileira na Copa do Mundo de Futebol Feminino. O Brasil resistiu como pôde, mas perdeu para a França com gol na prorrogação. Brasileiras e francesas empatavam por 1 a 1 até o primeiro minuto da segunda etapa do tempo extra. Foi quando a francesa Henry se antecipou a zagueira Mônica e marcou o gol da classificação das donas da casa.

O jogo foi equilibrado. Surpresa para muitos que achavam que o Brasil não seria capaz de encarar um time favorito atuando diante de sua torcida. A defesa brasileira foi furada pela primeira vez no jogo no início da etapa complementar. Gauvin anotou dentro da pequena área após boa trama de suas companheiras pela direita.

O Brasil mostrou força neste momento. Foi buscar o empate com o gol da volante Thaísa, que ainda precisou esperar a análise no VAR por parte da árbitra, para comemorar. O que era uma partida de Copa, virou um drama para os dois times após o fim do tempo regulamentar.

Os pênaltis iam se aproximando cada vez mais. Debinha teve a grande chance de colocar a seleção brasileira na frente, mas viu a zagueira francesa Bathy tirar quase em cima da linha seu arremate rasteiro. Rondando com mais frequência a área da goleira Bárbara, as francesas chegaram ao gol de bola parada e fizeram a festa em casa.

Do lado brasileiro, a sensação de ter feito uma grande campanha apesar da eliminação nas oitavas de final. Destaque para o desabafo de Marta, seis vezes eleita melhor do mundo, que lembrou a proximidade do fim desta geração. A meia alertou para o comprometimento que será necessário para que as conquistas venham nos próximos anos no futebol feminino. Confira:


A França espera agora as vencedoras de Estados Unidos e Espanha, que duelam nesta segunda-feira (24), a partir da 13h, com transmissão do SportTV 2 e TV Band.

Não quer perder nenhum lance da Copa do Mundo de Futebol Feminino, mas ainda não é cliente Net? Assine já!