Jogo foi decidido no tie-break do quinto set, após empate em 12/12

Novak Djokovic e Roger Federer fizeram, neste domingo (14), uma das maiores partidas da história do tênis. De quebra, a mais longa decisão de Wimbledon. Melhor para o sérvio número 1 do mundo, que venceu por três sets a dois. Parciais de 7/6 (5), 1/6, 7/6 (4), 4/6 e 13/12 (3). A partida durou 4 horas e 57 minutos.

O sérvio cresceu nos momentos certos. As três vitórias em três tie-breaks no jogo mostram isso. O suíço arriscou mais e disparou um maior número de winners: 94 a 54. Mas em contrapartida, Djokovic errou menos. Foram 10 erros não-forçados a menos para o líder do ranking.

Confira alguns momentos da decisão:

Este é o quinto título do tenista de 32 anos em Wimbledon. A 16ª taça de Grand Slam na carreira do sérvio.

Veja a foto oficial dos campeões da chave de simples masculina e feminina:


O quarto e último Grand Slam do ano acontecerá em Nova York, em Agosto.

Não quer perder nenhum lance do mundo dos esportes, mas ainda não é cliente Claro residencial? Assine já!