Filme expõe jornalismo romântico da época

Lançado em 1998, “Diário de um Jornalista Bêbado” foi o segundo livro publicado pelo autor Hunter S. Thompson. E foi através de certa de insistência de Johnny Deep (amigo do autor) que a história foi parar nas telonas em 2011. Tendo, dessa forma, o astro de “Piratas do Caribe” como protagonista. Ele representa o próprio autor em determinado momento de sua vida. Clique aqui para assistir!

Tudo se passa nos anos 1960. “Paul Kemp” (Johnny Deep) trabalhava como jornalista na cidade de Nova York até arrumar uma vaga em um pequeno jornal chamado “The San Juan Star”, em San Juan, Porto Rico.

Com sérios problemas com álcool, ele imerge nesta realidade totalmente única. Que envolve pobreza para os locais, interesses dos EUA na ilha, cenários paradisíacos e outras coisas típicas do Caribe. Por exemplo, feitiçarias e rinhas de galo.

Por causa de um certo desanimo com o jornalismo, seu chefe”Lotterman” (Richard Jenkins) já se entregou as práticas burocráticas da profissão. Logo ele começa a pressionar seu novo funcionário a escrever matérias de acordo com interesses de pessoas importanteses na ilha. Em especial o esquema de especulação imobiliária turbinada pelos interesses dos milionários norte-americanos, em detrimento do bem-estar dos locais.

Confira o trailer de “Diário de um Jornalista Bêbado”: 

Por consequência da neutralidade com que vê os acontecimentos recentes em Porto Rico, “Kemp” se mistura até mesmo com os poderosos, como o casal “Sanderson” (Aaron Eckhart) e Chenault (Amber Heard).

Não demora muito para se apaixonar pela bela esposa do milionário que, inclusive, já tem planos para o jornalista. Isso porque ele pretende eventualmente estabelecer o capitalismo na ilha e matérias favoráveis publicadas pelo jornal local poderiam contribuir para o sucesso.

Esse misto de triângulo amoroso e o jornalismo romântico da época foi bem aliado pelo diretor Bruce Robinson. Sua missão aqui neste longa é extrair toda as peculiaridades de uma grande experiência para um jornalista norte-americano na época. E a tarefa definitivamente caiu nas mãos certas.”Diário de um Jornalista Bêbado” é um filme com a cara de Johnny Depp.

Compartilhe: