Herói dos quadrinhos migrou para as telonas em 2002

“Homem-Aranha” é um dos personagens mais icônicos dos quadrinhos de todos os tempos. A primeira vez que o herói foi visto nas telonas aconteceu lá no início dos anos 2000. Posteriormente, com a grande aceitação inicial do público e da crítica, viria uma enxurrada de filmes do gênero de super-herói.

O elenco do primeiro título era recheado de nomes fortes do momento que inegavelmente mandaram muito bem e abriram as portas para novos projetos saírem do forno logo na sequência. Mas os anos passaram e novas sagas do personagem precisariam surgir para apresentá-lo às novas gerações. Vamos relembrar algumas!

Saga de Tom Holland | (2002 – 2007)

O primeiro protagonista escolhido foi Tobey Maguire. O elenco desta trilogia tinha ainda nomes como Willem Dafoe, Kirsten Dunst, James Franco e J. K. Simmons. A história passa pelo momento clássico em que “Peter Parker” é picado por uma aranha modificada geneticamente para em seguida começar a abordar todo o drama do início de sua segunda identidade. Seus conflitos adolescentes e todo o nervosismo do personagem perante os conflitos foram bem explorados pelo diretor e protagonista.

Homem-Aranha (2002)

Cena de "Homem-Aranha" (2002)

Cena de “Homem-Aranha” (2002)

Homem-Aranha 2  (2004)

Homem-Aranha 3 (2007)

Saga de Marc Webb (2012 – 2014)

Tudo novo, de novo. O diretor seguiu o caminho de recomeçar a história depois que a saga anterior havia acabado definitivamente. Só que a aposta foi ainda mais alta nestes dois filmes: acrescentar elementos e acontecimentos que não haviam surgido nos quadrinhos. Sendo assim, Andrew Garfield apresenta um protagonista mais descolado que o habitual e contracena com Emma Stone. A atriz por sua vez introduz muito bem a personagem “Gwen Stacy” à franquia.

O Espetacular Homem-Aranha (2012)

O Espetacular Homem-Aranha 2 – A Ameaça de Electro (2014)

Saga de Jon Watts | (2017 – )

Aqui o personagem entrou de vez no Universo Cinematográfico da Marvel. Ligações com outros filmes como “Vingadores” (2012)  e “Capitão América: Guerra Civil” (2016) ficam evidentes e o diretor faz questão de mostrá-las. Por outro lado, não vemos mais uma vez como tudo começou para o herói. Ou seja, temos um viés inédito até então nos filmes. Já começamos a acompanhá-lo quando ele está no Ensino Médio. Surge também uma importante ligação do jovem com “Tony Stark”.

Homem-Aranha: De Volta Ao Lar (2017)

Se liga no trailer de “Homem-Aranha: De Volta ao Lar” (2017):

Homem-Aranha: Longe de Casa (2019)

Saga Homem-Aranha no Aranhaverso (2018)

Seis versões distintas do protagonista fazem desta proposta a mais ousada até aqui nas sagas. Foi criado um multiverso no qual muitas coisas estão interligadas. “Miles Morales” também desfruta dos poderes fantásticos que já conhecemos. Até a forma como eles foram passados a ele é parecida. Só que ele é confrontado por outros cinco personagens semelhantes após a morte de “Peter Parker” em um destes universos.  A animação levou uma estatueta do Oscar de Melhor Longa-Metragem de Animação em 2019.

Homem-Aranha no Aranhaverso (2018)

Veja outras notícias relacionadas:

“Batman: O Cavaleiro das Trevas” é lembrado por seu vilão

Compartilhe: