Três lendas dos filmes de suspense

“Amigos Inseparáveis” reúne um trio de peso em cena: Al Pacino, Alan Arkin e Christopher Walker. O longa propõe uma espécie de “farra final” entre os amigos de terceira idade. Essa brincadeira teve direção de Fisher Stevens, ele que também é lembrado pelo personagem “Chuck Fishman” da série “Edição de Amanhã”. Clique aqui para assistir!

“Doc” (Christopher Walken) se dirige para recepcionar seu antigo parceiro de crime “Val” (Al Pacino) quando este acaba de sair da cadeira após 28 anos. Os dois juntos logo seguem em busca de curtição e do tempo perdido. Mas “Doc” seguiu firme e forte no mundo do crime, e como resultado agora precisa matar seu recém-liberado amigo a pedido da máfia.

Christopher Walken, Al Pacino e Alan Arkin juntos em cena de "Amigos Inseparáveis" (2012)

Christopher Walken, Al Pacino e Alan Arkin em cena de “Amigos Inseparáveis” (2012)

Porém, antes que este conflito doloroso possa ter um fim, os dois retomam o ritmo de festa que estavam e ainda acabam descobrindo por acaso o paradeiro de mais um desses parceiros do passado. “Hirsh” (Alan Arkin) está em uma casa de repouso, só que apesar disso, ele tem sua presença rapidamente requisitada. Afinal, nos golpes do passado, esse senhor de hoje era o motorista de fuga.

Veja o trailer de “Amigos Inseparáveis”:

Essa pegada “Se Beber, Não Case!” gera muitas cenas memoráveis entre estes três senhores. As risadas estão garantidas. O filme ainda acabou sendo nomeado na categoria Melhor Canção Original do Globo de Ouro em 2013. Na ocasião, por “Not Running Anymore” de Jon Bon Jovi, que assim como esses atores, é outra lenda viva.

Confira outras notícias relacionadas:

“Era Uma Vez em… Hollywood” já está no NOW!

Compartilhe: