Inter é único brasileiro a vencer na Libertadores

Equipe gaúcha tem melhor situação dos times do país para avançar às quartas de final

Noite complicada para os brasileiros na Libertadores da América. Foram duas derrotas em três jogos nesta quarta-feira (24). Apenas o Internacional venceu.

O Colorado bateu o Nacional-URU em jogo realizado no estádio Parque Central, em Montevidéu. O cenário era de empate até o finalzinho, mas tudo mudou nos acréscimos do segundo tempo. Foi quando Paolo Guerrero encontrou o gol do Inter. Ele finalizou de primeira, cruzado, sem chances para o arqueiro Rochet. O resultado coloca o time brasileiro com boas chances de classificação no segundo confronto, no Beira-Rio. O empate já bastaria.

Já o Flamengo decepcionou na partida de ida das oitavas de final, contra o Emelec-EQU, em Guayaquil. E o enredo foi desastroso. Jorge Jesus tentou uma escalação que não deu certo, Diego fraturou o tornozelo, e dois a zero no marcador… gols de Godoy e Caicedo. O Mengo precisará devolver, no mínimo, o placar de dois gols de diferença para permanecer na disputa.

Veja os melhores momentos de Emelec-EQU 2 x 0 Flamengo:

Em Curitiba, um jogo acirrado e truncado. Athletico-PR e Boca Juniors-ARG estavam frente a frente. MacAllister fez o gol xeneize na Arena da Baixada. No geral, o Furacão pressionou muito ao longo dos 90 minutos.

Mas a grande chance de balançar as redes veio mesmo no pênalti desperdiçado por Marco Ruben (marcado após consulta ao VAR). Isso já no finalzinho da partida, mas a bola bateu na trave. Tiago Nunes e seus comandados precisarão vencer em La Bombonera no confronto da volta. O empate já classifica os argentinos que estão em busca da sétima conquista de Libertadores.

Acompanhe o gol do Boca Juniors marcado por Carlos MacAllister:

San Lorenzo-ARG e Cerro Porteño-PAR não passaram de um zero a zero em Buenos Aires. A partida da volta acontece em Assunção, já na semana que vem. Será necessário um vencedor para a definição não ir aos pênaltis.